sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A Razão Para o Sucesso de Roma em Dominar os Povos Vizinhos

Políbio de Megalópolis, um grego que viveu no segundo século antes de Cristo, afirmava que, em seus dias, havia ocorrido, no plano político e militar, o maior prodígio jamais presenciado, ou seja, "todas as partes conhecidas do universo vieram a ser um só império, fato sem antecedentes na História" (*). Referia-se, naturalmente, à República Romana - lembremo-nos de que, nesse tempo, Roma ainda era uma República, e, internamente, seria assim considerada, mesmo quando os imperadores já mandavam e desmandavam à vontade.
Procurando explicar o sucesso dos romanos em dominar a vizinhança, Políbio dizia que Roma, quando empreendeu guerras de conquista, não atacava isoladamente um outro reino ou império, como faziam os impérios que vieram antes dela, mas era capaz de fazer guerra simultânea e vitoriosa em vários lugares, localizados bem longe uns dos outros.
Cabe observar, no entanto, que o historiador grego tinha um conceito de universo diferente daquele que empregamos hoje, fato que pode ser facilmente compreendido se levarmos em conta que gregos e romanos conheciam muito pouco das terras que compõem o planeta em que vivemos. Para ele, o território dominado pelos romanos era todo o "cosmos". Não lhe passava pela cabeça que, para além das terras conhecidas, talvez existissem outras, com outros povos e - por que não? - outros impérios.

(*) A citação de Políbio é tradução de Marta Iansen para uso exclusivo no blog História & Outras Histórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.