quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Quem Traz os Presentes de Natal? (Parte 2)

Na postagem anterior mencionei que, até as primeiras décadas do século XX, havia uma tradição muito difundida no Brasil, segundo a qual quem trazia os presentes de Natal para as crianças era o Menino Jesus. Entretanto, nos anos vinte (do século XX) a figura de São Nicolau (*) com presenteador natalino já era comum no País, e começava a ser substituída, até rapidamente, pela de Papá Noel ou Papai Noel (como preferir, na linguagem da época ou na de hoje). Havia, por suposto,  vozes em contrário, já que o velhinho que vinha do Polo Norte não se relacionava em nada às tradições natalinas tipicamente brasileiras, e é preciso lembrar que a década de vinte, tempo de ouro do movimento modernista brasileiro, foi um período de valorização da cultura nacional.
A legenda original diz: "Entrega de brinquedos às crianças
pobres, no palco do Royal. Os pequenos recebiam os seus
presentes das mãos de S. Nicolau."
(A Cigarra, 30 de dezembro de 1915)
Todavia, a despeito dos protestos, Papai Noel desbancou São Nicolau, que por sua vez havia ocupado, ainda que por pouco tempo, o lugar do Menino Jesus. É bem verdade que há quem afirme que São Nicolau e Papai Noel são a mesma figura, mas a mim me parece que o segundo simplesmente é retratado com algumas características do primeiro - as longas barbas brancas, por exemplo - mas cumpre um propósito bem diferente.
Ao contrário do Menino Jesus e de São Nicolau, Papai Noel não é uma figura intrinsecamente religiosa, embora associado à celebração de uma data de caráter religioso. Nem católico, nem protestante, presta-se, por isso, tão bem à apropriação capitalista dos festejos natalinos. É, por excelência, o ícone perfeito para a fúria em vender brinquedos e outros presentes, pois não está amarrado a nenhuma profissão de fé em particular - a não ser que assim consideremos a arte de vender o máximo possível, aproveitando outra construção do imaginário ocidental, o "espírito do Natal". Quem saberia dizer com exatidão o que vem a ser isso?
Porém, como não quero ficar em má situação com Papai Noel, enquanto espero meus presentes, vou colocando as velinhas no Adventskranz e até já instalei uma árvore de Natal aqui no blog...

(*) S. Nicolau de Mira, falecido a 6 de dezembro do ano 342, de quem se afirma que era muito dedicado ao cuidado das crianças, particularmente das crianças pobres.


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.