quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Palafitas

Palafitas nas imediações do porto de Manaus - AM (Rio Negro)

Palafitas, como se sabe, são casas construídas sobre estacas, em áreas facilmente inundáveis, para evitar que as águas atinjam as habitações. Podem, com variações, ser encontradas em diversos lugares deste planetinha. Um deles é a região amazônica.
Em fins da terceira década do Século XIX, Hércules Florence, desenhista francês que participou da Expedição Langsdorff, escreveu:
"Tem o Amazonas, como o Nilo e o Paraguai seus transbordamentos periódicos, pelo que são essas casas edificadas sobre estacas. Durante as inundações as visitas se fazem em canoas, podendo penetrar até debaixo do alpendre ou dentro do corredor das habitações. Quando há festança, na frente se vê uma verdadeira flotilha de canoas." (*)
O tempo passou, mas as palafitas, enquanto técnica de construção de casas, resistiram. Podem ser vistas ainda na Amazônia, malgrado a intenção de fazê-las desaparecer de certas áreas, em razão, supostamente, de algumas propostas relacionadas a uma famosa competição mundial de futebol ocorrida em meados de 2013. 
Conforme me explicou um morador local, "meninos aqui aprendem primeiro a nadar e, só depois, a andar". Exagero, talvez, mas reforça o fato de que as palafitas sobrevivem, até porque são perfeitamente adequadas ao regime das águas dos rios que formam o grande complexo amazônico. Pelo visto, terão vida muito longa.


Palafitas não muito longe de Manaus - AM. Para a população ribeirinha, uma casa-barco
pode também ser uma solução muito eficiente (observe, à direita).

(*) FLORENCE, Hércules Viagem Fluvial do Tietê ao Amazonas de 1825 a 1829
Brasília: Ed. Senado Federal, 2007, p. 272

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.