terça-feira, 17 de julho de 2012

Anúncios Curiosos das Primeiras Décadas do Século XX - Parte 5

No universo machadiano, Sofia é personagem de Quincas Borba e, como dama de uma certa posição social, habituada à vida na Corte, comporta-se segundo os refinamentos de instrução e maneiras que, na época, eram bastante valorizados. Tem uma prima, Maria Benedita, que, ao contrário, é moça da roça, educada sem os costumes urbanos. Não toca piano e não fala francês, coisas que, para Sofia, são falhas imperdoáveis. Afinal, quem pode ir às compras sem saber francês?
Como romance, Quincas Borba foi ambientado nos anos em que transcorreu a Guerra do Paraguai. Já o anúncio abaixo (*) é muito posterior, data de janeiro de 1910. Não obstante, persiste a mania do francês, de mistura a palavras e expressões em português. Para decifrá-lo, era preciso estar bem informado do universo de modas e compras... Devia ser tudo bem compreensível para as senhoras a quem a propaganda era destinada. Hoje já seria quase um desafio.
Na época, políticos de viés nacionalista, inconformados, queriam proibir palavras e expressões francesas nos nomes das lojas e na propaganda. Obviamente, isso deu em nada. Aos poucos, por razões fáceis de imaginar, o francês foi cedendo espaço ao inglês. E, de vez em quando, alguém ainda aventa a possibilidade de proibir ou multar quem o usa em lugar do português. Ora, se não se conseguiu tal coisa quando o país era uma gigantesca ilha lusófona em meio ao Continente Americano, seria agora possível quando a comunicação em escala mundial é (felizmente) instantânea?



(*) Revista A Lua, Ano I, nº 1, janeiro de 1910.


Para ler mais sobre este assunto, acesse:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.