quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Gênios Anônimos do Passado

Por mais que muita gente já tenha contestado esse hábito, parece que a espécie humana gosta de exaltar heróis individuais, aqueles que realizaram façanhas brilhantes, supostamente sem a ajuda de ninguém. Talvez isso aconteça porque, ao admirarmos a força, coragem, valentia, inteligência ou astúcia do herói, algo nos diga: "Se ele/ela conseguiu, você também pode!" Já houve até quem conjecturasse que nossa admiração pelos chamados "grandes homens" é resultado de uma percepção interior de que, exaltando seus feitos, tornamo-nos, sabe-se lá como, participantes de sua grandeza. Ironicamente, porém, alguns dos feitos mais notáveis da humanidade parecem pertencer a autores anônimos. Mais ainda, na incerteza de quem foi responsável por determinadas realizações, a gente do passado chegava a atribuí-las aos deuses.
Simplesmente para exemplificar, vão aqui algumas perguntas para as quais não há nenhuma resposta conclusiva (e talvez nunca venha a haver), que ilustram muito bem este assunto:

1. Quem teria sido o primeiro sujeito que, olhando o céu à noite e vendo que as estrelas pareciam formar agrupamentos, teve a ideia de dar nomes e a esses conjuntos estelares?

2. Quem terá sido a primeira pessoa a tentar "capturar os sons", criando algum sistema de notação musical? Não me refiro, por certo, apenas aos sistemas hoje conhecidos, mas a todos, absolutamente todos os que existiram, em todos os tempos.

3. Onde, quando e por quem terá sido feito o primeiro recipiente de cerâmica? É óbvio que o aperfeiçoamento da técnica foi trabalho de muitos povos, ao longo de um tempo enorme, mas quem terá tido a primeira ideia nesse sentido?

4. Quem terá garatujado pela primeira vez alguma coisa que poderíamos considerar um número? Com que propósito fez isso? Terá compartilhado esse rabisco com mais alguém ou guardou a novidade só para si? Vale a mesma questão para as diferentes formas de escrita.

Poderíamos seguir levantando muitas outras perguntas. Certo é que, se por um lado as pesquisas têm nos conduzido a muitas informações novas sobre os primórdios da humanidade, por outro estamos muito longe de ter resposta para todas essas questões, de modo que alguns dos maiores gênios que já viveram nesse planeta talvez venham a permanecer, para bem ou para mal, sempre desconhecidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.