terça-feira, 2 de novembro de 2010

Milhares de Locomotivas - Parte 1

Esta notícia apareceu na edição de 30 de março de 1914 da revista A Cigarra:

QUARENTA MIL LOCOMOTIVAS
Não se trata de nenhuma exposição colossal, em que tivessem de ser reunidas 40.000 locomotivas. Trata-se das locomotivas construídas pela grande usina Baldwin, de Philadelphia, que há pouco tempo celebrou com festas a construção da locomotiva com que se completava a bela cifra de 40.000, construídas pela fábrica.
Foi em 1882 [sic] que a fábrica Baldwin construiu a sua primeira locomotiva. Em 1862 já haviam sido construídas mil. Em 1880, 5.000. A máquina nº 10.000 começou a rodar em 1889, e a nº 20.000 em 1902.
Desde então, vai sendo rápida a profusão. Nestes últimos anos, a Companhia Baldwin chegou a duplicar a sua produção até 1902. Hoje, a média de sua produção é de três a quatro locomotivas por dia.
A máquina nº 40.000, que acaba de sair das usinas Baldwin, de Philadelphia, é uma possante locomotiva do tipo "Pacific" pesando oitenta e seis toneladas - e é destinada aos trens rápidos da Pensylvania Railroad."

A locomotiva nº 1 de Baldwin, conhecida como
"Old Ironsides"
Percebe-se logo, leitor, que há algo errado com os dados apresentados, mas não se preocupe, vamos corrigi-los. Em History of the Baldwin Locomotive Works 1831 - 1920, explica-se que empresa fabricante de locomotivas Baldwin foi fundada por um hábil trabalhador chamado Matthias W. Baldwin que, em 23 de novembro de 1832, colocou para funcionar sua primeira locomotiva a vapor, denominada Old Ironsides que, aliás, consta haver trabalhado muito bem durante vinte anos. Portanto, a data correta para a primeira locomotiva é 1832 e não 1882, como noticiou A Cigarra.
Mr. Baldwin morreu em 1866, deixando um negócio solidamente estabelecido - até a data de sua morte a empresa já havia fabricado mais de 1500 locomotivas. E não parou por aí. A mesma obra que citei apresenta, na página 142, estas informações:

Locomotiva nº 1: concluída em 1832;
Locomotiva nº 1.000: fabricada em 1861;
Locomotiva nº 10.000: fabricada em 1889;
Locomotiva nº 20.000: fabricada em 1902;
Locomotiva nº 30.000: fabricada em 1907;
Locomotiva nº 40.000: fabricada em 1913;
Locomotiva nº 50.000: fabricada em 1918.

Vê-se facilmente que foram necessários vinte e nove anos para as primeiras mil locomotivas e vinte e oito para as dez mil primeiras. Entretanto, para fabricar dez mil entre as vinte e trinta mil primeiras, foram necessários somente cinco anos. Houve, pois, uma autêntica explosão na demanda por novas máquinas que, a despeito de tornar-se mais contida em certos períodos, não chegava a causar muitos problemas ao fabricante, que atendia também à produção de bondes e materiais diversos para ferrovias. Era, na época, um negócio muito sólido.


Bibliografia
History of the Baldwin Locomotive Works 1831 - 1920
Illustrated Catalogue of Narrow-Gauge Locomotives 3ª ed.
Philadelphia: Lippingott, 1885


Para ler mais sobre este assunto, acesse:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.