sábado, 31 de julho de 2010

A Arquitetura Sacra Paulista e Mineira nas Regiões Cafeeiras - 2

Igreja Matriz de São João Batista (Rio Claro - SP)


Retomo aqui o assunto da postagem anterior, iniciando um passeio por algumas igrejas historicamente significativas, localizadas no interior de São Paulo e de Minas Gerais. A visita de hoje é à Igreja Matriz de São João Batista, em Rio Claro (SP).
As origens da cidade e da Matriz estão conectadas - afinal, seguindo a tradição dos extensos toponímicos, Rio Claro foi, originalmente, São João Batista do Rio Claro. Não há dúvida de que aspectos práticos levaram ao encurtamento do nome da cidade, como ocorreu em muitíssimos outros lugares. Mas vamos ao que interessa...
A povoação de Rio Claro teve sua primeira capela curada em 1827, a qual foi elevada a paróquia em 1832. Uma primeira igreja matriz foi inaugurada em 1877, sendo demolida para dar lugar à atual, cujas obras foram iniciadas em 1912. A consagração da atual Igreja Matriz de São João Batista data de 1926, tendo passado por reforma entre 1976 e 1996. Um aspecto diferenciador desta igreja está no amplo e muito bem cuidado jardim que a cerca.


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.