quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Em Perpétua Memória - Mensagens Escritas em Troncos de Árvores

É fácil perceber que nós, humanos, não gostamos da ideia de ser esquecidos. Basta observarmos as lápides em um cemitério para logo encontrarmos frases do tipo "fulano de tal, descansa em perpétua memória", ainda que os túmulos estejam recobertos de mato. Além disso, todo mundo já ouviu algum locutor esportivo mais exaltado, berrando a plenos pulmões "esta é uma jogada para entrar para a história!", e vai repetindo essa mesma fala, uma partida após outra. Mas, se quisermos ser realistas, logo ninguém mais se lembrará da tal "jogada histórica".
Ora, se tais afirmações de eternidade, ainda que falaciosas, conseguem trazer alguma satisfação ao ego de seres transitórios, por que deveríamos nós condená-las? A questão é que tudo tem limite.
Dê uma olhada, leitor, nesse pobre tronco de árvore aí ao lado. Um dia desses estava caminhando pelo mirante do "véu da noiva" (salto do rio Piracicaba, na cidade de mesmo nome, um belo lugar que vale a pena conhecer), quando vi uma das árvores cravejada de nomes de pessoas que talvez tenham pretendido, com o gesto de escrevê-los, preservar a memória de si mesmas ou de algum suposto amor para sempre...
Pois bem, sejamos justos, não é de hoje que a humanidade considera as árvores, talvez por sua extraordinária longevidade, como símbolo daquilo que é permanente. É só observar as crenças primordiais das mais diversas culturas. Entende-se que quem escreve num tronco de árvore deve, ainda que inconscientemente, buscar uma certa garantia de perpetuidade. Daí a contribuir para a destruição de um bosque público, já é outra coisa. Portanto, àqueles que têm o detestável hábito de escrever em troncos de árvores, só temos a recomendar (além, é claro, de preocupações ecológicas), que sejam mais criativos e encontrem formas menos danosas de se fazerem notar.


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Democraticamente, comentários e debates construtivos serão bem-recebidos. Participe!
Devido à natureza dos assuntos tratados neste blog, todos os comentários passarão, necessariamente, por moderação, antes que sejam publicados. Comentários de caráter preconceituoso, racista, sexista, etc. não serão aceitos. Entretanto, a discussão inteligente de ideias será sempre estimulada.